2007-08-17

FinePrint

pedro-e-Marco

Hoje recebi os slides da Fineprint. Tinha enviado dois rolos que saquei, um durante a festa do emigrante na Murtosa, com imagens da regata de moliceiros, e o segundo do fim de semana, no campeonato da Blast Boardshop.

Já há alguns anos que não há nenhum serviço de revelação de slides na região (ou pelo menos que eu conheço). Os labs locais n tem, e em Aveiro, o Distrimagem do Oita desistiu do processo há cerca de 5 anos. Tudo o q era slide na zona geralmente era enviado para o Porto. Já mandei rolos para o porto para revelação, na mão do Victor Martins que por lá andava a estudar, e que passava frequentemente na Colorfoto. calhava bem.

Mas agora n esta lá (tá de férias) e eventualmente quererei revelar chapas slide (quando tiver a 4x5" completamente funcional) e sentia necessidade de encontrar um novo local. A FinePrint, alem dos serviços de impressão, mantém um serviço de revelação de praticamente todos os formatos, desde o preto & branco ao negativo e positivo a cores, e de muitos formatos desde o 35mm ao 8x10". Perguntei se aceitavam envios por correio; responderam que sim, e que geralmente era pago à cobrança (deviam ter esta info na página junto dos serviços).

Enviei na segunda, recebi hoje (quinta). 3 dias se n contarmos com o feriado. Portanto um serviço rápido (geralmente para o Porto implicava uma espera de cerca de uma semana). Em termos de embalagem estava óptimo - slides em folhas de arquivo, num envelope envolvido em cartão canelado, para evitar a dobragem, e tudo isso dentro de um envelope bem vedado. Portanto os slides estavam bem protegidos, e um serviço bem melhor que o típico rolo do slide numa lata dos rolos de 35mm. Preço? barato para o tipo de serviço - 5€ o rolo + portes e cobrança. Geralmente o rolo de slide noutros serviços custa 8€. Fiquei satisfeitissimo.

Quanto à imagem deste post, do Pedro da Blast e do Marco Roque, foi a digitalização possível a partir de um slide sub exposto. Enganei-me completamente a calcular a exposição. O fotómetro estava nas mãos da Victor que tinha uma sessão importante, portanto fui me fiando com o fotómetro da digital. Estava encoberto, portanto assumi uma iluminação uniforme. Mas infelizmente a D70 tava a ISO 640 em vez dos habituais ISO 200, que só reparei no fim do dia.... Nem da polaroid me apercebi do erro... Prá próxima...

2 comments:

chapeleirolouco said...

tenho perguntas sobre rolos slide.
mandas revelar e saem slides?
e dá para em vez de slides pedir fotografia, isto é em papel? ou as duas coisas?
obrigado

MytyMyky said...

Yeap, Tal e qual. O rolo de slide tem características próprias de um positivo. A revelação segue um processo donominado E-6, que efectivamente resulta numa imagem positiva, transparente. Com o slide, vês as cores capturadas, com as características que o tipo de película impõe, e podes projectar, digitalizar, imprimir, etc.

Naturalmente, para impressão, o processo é próprio, conhecido como Cibachrome. Também é possível, e hoje em dia mais acessível, digitalizar num scanner o filme, e imprimir o ficheiro digital. Alguns laboratórios fazem-no automaticamente.

De notar, no entanto, que também podes revelar o rolo de slide em quimicos usado na revelação de negativos a cores, no processo C-41. No entanto, resulta uma imagem negativa, e em vez da coloração castanha da pelicula negativa a cores normal, resulta uma pelicula de coloração verde, ou nalguns casos roxo. Novamente digitalizanod ou imprimindo num processo negativo (com a correcção de cor devida) é possivel colocar a imagem no papel.

Experimenta e fascina-te!